Marcelo Bizar
Se aquele isto é como este, hei de ser histo ou comum peste
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
21/08/2018 09h38
Ver o Mar (Marcelo Bizar e Lendro Lima)

VER O MAR          (Marcelo Bizar e Leandro Lima)

    
Eu tenho que sair pra ver o mar
antes que seja tarde e o mar vire sertão  
antes que a lua anule a luz do seu clarão
e nossa terra sofra com tanta destruição
    
Eu tenho que seguir meu caminhar
antes que o mal perdure e afogue o nosso som  
antes que a dor maltrate o nosso coração
e a esperança acabe na última canção

        
E quando o sol se por pra dormir
Quando a chuva cair vou rezar
olhai por esse mundo, abençoe nosso lar
Enquanto uma criança sorrir
Enquanto for possível sonhar
simbora vamo em frente brava gente desbravar

 

Faixa do EP FORRÓ DO BIZZAR (pode ser baixado do Spotify, Deezer, Youtube).


Publicado por Marcelo Bizar em 21/08/2018 às 09h38
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
19/08/2018 11h23
Lirismo

Lirismo (Marcelo Bizar e Barão da Mata)

 

Vem, canção bonita,

Alimentar minh'alma.

 

Vem, mulher-encanto,

Nutrir meus desejos.

 

Vem, lua crescente,

Pratear meu corpo.

 

Vem, noite serena,

Traze-me um poema

 

Fresco como a brisa,

Brando como tu.

 

 

 


Publicado por Marcelo Bizar em 19/08/2018 às 11h23
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 2 de 2 1 2 [«anterior]