Marcelo Bizar
Se aquele isto é como este, hei de ser histo ou comum peste
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Dialeticamente, sim! (Tese - Antítese - Síntese).

Não uso a expressão Dialética
quando o interesse é a Poética
seria turbar-se em tensão Mimética
e da língua destilar pura Patética

Não como se usa no Educandário
tornando-a um estranho cnidário
Achando-se da verdade partidário
não passa de um ultracrepidário

Pré-síntese vêm tese e antítese
Não precisando malograr a hipótese
despindo-se de possuir diátese
e no lugar da mente uma prótese

Elegância é usar Silogismo
mas ele nos tenta ao Ufanismo
agarra-se então ao Estoicismo
usando particular Hedonismo

Pra amigo é melhor a Maiêutica
suportável até mesmo a Imagêutica
pois análise sem Hermenêutica
leva alguns a precisar terapêutica

Termino, assim, de forma sintática
horrível mesmo só a Dogmática
sendo eu pupilo da Axiomática
despeço-me de forma bem simpática


Marcelo Bizar
marcelobizar.com
Marcelo Bizar
Enviado por Marcelo Bizar em 29/08/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários